English French German Spain Italian Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Pedidos de Oração

Deixem seus pedidos nos comentários
♥ Deus abençoe 


A paz meus amados!
Recebemos um email com um pedido de oração por uma família pastoral, peço oração pelo Pr Márcio e Telma (2ª Igreja do Nazareno de Campinas) e especialmente pelo DAVI LIMA, filho do casal. Eles estavam descansando em Caraguá, e no primeiro dia da viagem o Davi foi pegar uma onda, que o jogou num banco de areia... ele bateu fortemente a nuca/coluna e está desacordado deste então (foi no feriado do dia 12/10) ... Corre o risco de morrer, e se sobreviver ficar tetraplégico - segundo os médicos é uma certeza.

Ele faria uma cirurgia hoje, mas amanheceu com febre alta. Agora, só poderá ser operado, depois de 3 dias consecutivos sem febre alguma. A cirurgia é urgente para reparar os danos na coluna e medula (que foi amassada).

A família está em desespero absoluto. Temos orado dia e noite, clamando pela graça e misericórdia do Senhor, na esperança de que "a oração do justo pode muito em seus efeitos." (Tiago 5).


Texto original com a notícia

"Venho por meio deste comunicar mais um episódio lamentável ocorrido comigo e com minha família. Neste último feriado meu concunhado sabendo da situação que venho passando me convidou para passar este ultimo final de semana em família, em Caraguá. Quando argumentei sobre minha atual situação ele disse que eu e minha família éramos convidados, e não deveríamos nos preocupar com gastos.


Chegamos à quinta feira (11/10), em 20 pessoas dos meus familiares, tivemos uma tarde de arrumação da casa, noite de laser com jogos e brincadeiras, na sexta feira acordamos cedo, fizemos um café da manhã harmonioso, e fomos para a praia, chegamos a praia por volta das 10:00hs, aproximadamente as 10:20 aconteceu uma terrível fatalidade que até o momento não entendemos o “por que”?

Meus sobrinhos brincavam no mar qdo de repente meu filho que estava ao meu lado, tirou a camiseta, correu em direção ao mar e mergulhou, sua intenção era passar por baixo de uma onda, mas sem explicação aparente ele não alcançou essa onda, batendo a cabeça num banco de areia ficando desacordado, meu sobrinho ao perceber o tirou do mar juntamente comigo, meu concunhado e outro amigo da família, e foi constatado que ele não mexia as pernas, sentindo muita dor nos braços e pescoço. Foi acionado o SAMU com urgência por intermédio de uma pessoa bondosa que logo chegou onde estávamos, outros trouxeram edredom, guarda sol e toalhas para aquecê-lo e aproximadamente em 15 min ele foi levado ao hospital.

Ao chegar ao hospital foi socorrido e assistido com todos os procedimentos cabíveis para salvar a sua vida, pois corria risco de vida iminente, até mesmo durante o transporte na ambulância, que viemos, a saber, posteriormente. Após longa, angustiosa e fatídica espera naquela tarde foi nos dado o diagnóstico de que o nosso filho estava paraplégico e era irreversível do mamilo para baixo, ou seja, sem sensibilidade cutânea nem motora do mamilo para baixo. Nosso filho foi submetido urgentemente a uma tomografia computadorizada sofrendo a 1ª intervenção cirúrgica por volta das 20:15 hs, durando 6 horas, para limpeza dos fragmentos na coluna, descompressão da medula e outras micro ações. Os médicos constataram lesões na C6 e C7.

Ele tem permanecido em estado de semi sedação devido a dores e o desconforto, pois permanece completamente imobilizado, para evitar agravamento da lesão. Temos estado com ele todos os dias e o sofrimento e a angustia comprime os nossos corações tão frágeis. Estivemos com ele nesta noite, seu estado permanece inalterado, ele ainda sente muitas dores e as pernas permanecem ainda imóveis. Hoje (16.10.12) aguardamos a ressonância para um diagnóstico mais acurado e assim o neurologista poder encaminhá-lo para 2ª cirurgia para estabilização da coluna, com placas e parafusos.

A partir daí é necessário esperar 48 horas para que o médico possa autorizar a sua remoção para Campinas SP para continuidade do tratamento. Nossa família e familiares permanecemos ainda na Santa Casa de Caraguatatuba. Neste momento a palavra que nos vem à mente é: DEUS É O NOSSO REFÚGIO BEM PRESENTE NAS HORAS DE ANGÚSTIAS. Enviamos esta notícia para compartilhar mais este sofrimento, sabendo que podemos contar com suas orações para cura e completa restauração do nosso filho e sustento espiritual neste momento de tanta dor e tristeza pelo nosso filho, embora cheios de esperança que a última palavra AINDA é do SENHOR nosso DEUS.

E a PROMESSA DE DEUS PARA NÓS É: “Márcio, Telma e Thais...VAI TUDO BEM!” Não há palavras e expressões de gratidão para expressar o nosso amor e carinho por tantos quantos tem nos ajudado a levar este terrível fardo de dor e sofrimento, e tem se colocado na brecha em nosso favor e de nossa família.

Saibam que Deus os honrará por esta atitude verdadeiramente cristã.
Pr. Márcio Luis e Telma Lima."



Davi, Telma e Pr Márcio.

Comentários
0 Comentários